ORS Destak x Bacteriose

No mês de Agosto deste ano (2020), tivemos altos níveis pluviométricos (dá até saudade). Com isso, os nossos campos se tornaram uma espécie de ensaio sobre a Bacteriose. Confira a diferença entre a Cultivar ORS Destak (resistente) e uma cultivar suscetível.

Em um curto período de tempo, tivemos 162mm de chuva.

Lembrando que a Bacteriose ou Estria Bacteriana (Xanthomonas campestris pv. undulosa) na cultura do Trigo, é uma doença que:

  • Se desenvolve em condições de temperatura entre 15-20ºC, mas principalmente com alta umidade e chuvas prolongadas;

  • As principais fontes de inóculo são restos culturais dos cereais de inverno;

  • Se dissemina através de respingo de chuva, vento e o transporte mecânico, por exemplo, pelo rodado de tratores, veículos e pelo homem;

  • De maneira rápida, normalmente ocorre no estádio de emborrachamento em diante;

  • Em folhas, são observados lesões aquosas, estreitas e longas;

  • A produção de sementes resistentes à doença, livres da bactéria e a rotação de culturas são as principais medidas de controle recomendadas para esta doença;

  • A erradicação da bactéria na semente pode ser obtida com a mistura de fungicidas específicos.


Dá uma olhada no que aconteceu aqui na Sementes Mutuca!


  • Cultivar resistente: ORS DESTAK


  • Cultivar suscetível

Referência: diagnose-patimetria-e-controle-de-doencas-de-cereais-de-inverno.pdf

Juntos, fortalecemos o agronegócio com cada semente que plantamos. Quer saber mais? |Facebook | Instagram | YouTube | LinkedIn

20 visualizações

Explore

Ajuda

Redes Sociais

Newsletter

Tel: (43) 3557-2600

Cel: (43) 98438-9902