Mofo Branco na Soja

Mofo branco ou Podrid√£o branca (Sclerotinia sclerotiorum)

Sintomas

Manchas aquosas que evoluem para colora√ß√£o castanho-clara e logo desenvolvem abundante forma√ß√£o de mic√©lio branco e denso. O fungo √© capaz de infectar qualquer parte da planta, por√©m as infec√ß√Ķes iniciam-se com frequ√™ncia a partir das p√©talas ca√≠das nas axilas das folhas e dos ramos laterais. Ocasionalmente, nas folhas, podem ser observados sintomas de murcha e seca. Em poucos dias, o mic√©lio transforma-se em massa negra e r√≠gida, o escler√≥dio, que √© a forma de resist√™ncia do fungo. Os escler√≥cios variam em tamanho, e podem ser formados tanto na superf√≠cie quanto no interior da haste e das vagens infectadas. Esta doen√ßa pode causar grandes redu√ß√Ķes no rendimento da cultura.

Condi√ß√Ķes de desenvolvimento

A fase mais vulner√°vel da planta vai do est√°dio da flora√ß√£o plena ao in√≠cio da forma√ß√£o das vagens. Alta umidade relativa do ar, baixa luminosidade e temperaturas amenas favorecem o desenvolvimento da doen√ßa. Escler√≥cios ca√≠dos ao solo, sob alta umidade e temperaturas entre 10 ¬įC e 21 ¬įC, germinam e desenvolvem apot√©cios na superf√≠cie do solo. Estes produzem ascosporos que s√£o liberados ao ar e s√£o respons√°veis pela infec√ß√£o das plantas. A transmiss√£o por semente pode ocorrer tanto por meio do mic√©lio dormente (interno) quanto de escler√≥cios misturados √†s sementes. Uma vez introduzido na √°rea, o pat√≥geno √© de dif√≠cil erradica√ß√£o.

Existem diversas práticas para Prevenção do Mofo Branco, são elas:

1. Uso de sementes certificadas, como as da Sementes Mutuca;

2. Conhecer a procedência da semente;

3. Incremento de micro-organismos no solo;

4. Uso de fungicidas em tratamento de sementes Industrial (TSI) e parte aérea, registrados para a cultura;

5. Sempre refor√ßamos a import√Ęncia do acompanhamento de um Engenheiro Agr√īnomo ou t√©cnico para que se tenha uma recomenda√ß√£o eficiente e um manejo adequado para a sua realidade;

6. Realizar o plantio de trigo e, em seguida, colhê-lo bem baixo para que possa formar uma boa cobertura de palha.

Controle

Em áreas de ocorrência da doença, é necessário associar várias estratégias: semeadura direta sobre palhada de gramínea, fazer a rotação/sucessão de soja com espécies resistentes como milho, sorgo, milheto, aveia branca ou trigo; eliminar as plantas hospedeiras do fungo; fazer adubação adequada; aumentar o espaçamento entre linhas, reduzindo a população ao mínimo recomendado.

A aplica√ß√£o de fungicidas foliares, como o Trichoderma harzianum*, com tecnologias de aplica√ß√£o, como o Kit Alvo¬ģ¬†(que molha o baixeiro) ¬†√© uma das principais medidas de controle da doen√ßa, e deve ser adotada para proteger as plantas da infec√ß√£o pelo pat√≥geno no per√≠odo de maior vulnerabilidade da soja, que compreende o in√≠cio da flora√ß√£o ou fechamento das entrelinhas at√© o in√≠cio de forma√ß√£o de vagens (Meyer et al., 2017). Portanto, o melhor momento para a aplica√ß√£o do¬†Trichoderma √© da desseca√ß√£o at√©, no m√°ximo, o est√°dio V4. Preferencialmente, recomenda-se que seja aplicado direto na palhada seca, tendo como alvo os escler√≥dios presentes no solo.

*O controle biol√≥gico com aplica√ß√£o de Trichoderma harzianum pode reduzir em 62,5% o n√ļmero de escler√≥dios vi√°veis (Menendez & Godeas, 1998)

Os fungicidas mais eficientes no controle de mofo branco em soja estão distribuídos em diferentes grupos relacionados ao modo de ação sobre a S. sclerotiorum. Procimidona é uma dicarboxamida que atua na transdução do sinal osmótico. Fluazinam é um inibidor da fosforilação oxidativa, atuando sobre a respiração do patógeno. Fluopyram e boscalida pertencem ao grupo dos inibidores de succinato desidrogenase (ISDH), que atuam na fase II da respiração do fungo e, dimoxistrobina pertence ao grupo dos inibidores da quinona externa (IQe), inibindo a fase III da respiração do patógeno.

Referências:

- EMBRAPA - Manual de Doenças (PDF).

- Agrolink

- Ensaio EMBRAPA

Foto:

- Josefa Neiane Goulart Batista

- Sidney Hideo Fujivara

Juntos, fortalecemos o agronegócio com cada semente que plantamos. Quer saber mais? | Facebook | Instagram | YouTube | LinkedIn

12 visualiza√ß√Ķes

Explore

Ajuda

Redes Sociais

Newsletter

Tel: (43) 3557-2600

‚Äč

Cel: (43) 98438-9902